:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: A OAB não desiste

terça-feira, junho 06, 2006

A OAB não desiste

por Jens

Na impossibilidade de pedir o impeachment por absoluta falta de motivos, a direção da Ordem dos Advogados do Brasil apresentou à Procuradoria Geral da República notícia-crime contra o Presidente da República. O objetivo principal é determinar se o presidente Lula tinha conhecimento dos repasses de verbas para políticos que convencionou-se chamar de mensalão. Para a entidade não importa que os fatos por ela arrolados na notícia-crime já tenham sido exaustivamente investigados pelas CPIs, pela imprensa e pela própria Procuradoria, que concluiu não existir nenhum indício capaz de comprometer o Presidente da República. Não, para os causídicos tucanos-pefelês que controlam a Ordem, o que interessa é criar mais uma área de desgaste para o governo Lula e, assim, dar a sua contribuição à campanha de Geraldo Alckmin.


O presidente da OAB, Roberto Busato, chegou ao extremo de afirmar que, por ser político, o presidente “sabia” da existência do mensalão. Ou seja, ele ignora totalmente as investigações já feitas, a inexistência de provas e os depoimentos que isentam a figura presidencial de participação no caso. Onisciente, Busato julgou e condenou o presidente, desprezando os mais elementares ritos jurídicos. Tal postura é assustadora, principalmente partindo de quem parte, o presidente nacional da instituição que deve zelar, entre outras coisas, pelo comportamento ético dos advogados brasileiros. Nesse aspecto, Roberto Busato é um péssimo exemplo.
http://trincheiradojens.zip.net/index.html

Aonde estava o Sr Busato nos inúmeros escândalos da longa e interminável "Era FHC"?

Aonde ele estava quando o "mensalão" de 2001, esse sim merecedor do apelido, patrocinou um verdadeiro golpe à constituição?

A partidarização dessa nobre instituição representa um grave perigo para a democracia. A OAB, que sempre prestou ótimos serviços ao país, não pode servir de instrumento político para os interesses da oposição. O Sr Busato claramente vestiu a camisa tucana-pefelê e insiste nessas tentativas de enfraquecer um presidente favoritíssimo à reeleição. Está mais do que claro que não há base jurídica para incriminar o presidente Lula, mas o Sr Busato continua a atirar desesperadamente para todos os lados. O Busato está demonstrando a mesma histeria dos oposicionistas com a aproximação das eleições. Tudo isso é reflexo das últimas pesquisas.

João

Veja post antigo sobre o Busato

3 Comments:

At 6/6/06 18:39, Blogger Brisa said...

Olá, João!

Acrescento ao seu questionamento, os seguintes:

1) onde estava o Sr. Busato, ontem, quando os advogados do caso Richtofen fizeram aquela encenação na hora do julgamento? (questão trazida pelo Jens no último post em seu blog);

2) onde está o sr Busato, que não investiga a fundo a questão dos advogados de porta de cadeia, que fazem o papel de mulas para os bandidos do crime organizado?

Com certeza há interesses eleitoreiros por traz das atitudes deste senhor.

 
At 6/6/06 19:07, Anonymous Maria said...

Pra um advogado os argumentos do Sr.Busato é totalmente desconexo.

 
At 8/6/06 02:31, Anonymous jose justino de souza neto said...

Antes de 2003, o tal Busato deveria ser algum capacho (literalmente) de um diretório qualquer do PSDB ou do PFL. Esse extrato de pó de titica só apareceu na mídia por OPORTUNISMO mesmo.
Só os indivíduos medíocres e rasteiros tem o tipo de atitude desse sujeitinho. Ele deve ter sentimentos tão ruins com sua vida insignificante que, para "aparecer", procura destruir
a vida de outros. É aquele problema do sujeito que faz de tudo pelos cinco minutos de fama. Alguns, como os ianques, invadem escolas para assassinar adolecentes. Outros, procuram "aparecer" como "aquele que derrubou o ministro..." ou "aquele que derrubou o presidente...".
As CPIs mostraram também como o Congresso está cheio desses vermes. Todos viram o prazer degenerado da tal Zulaiê e do tal Goldman em tentar humilhar o Zé Dirceu. Os dois insignificantes e destituídos de história, sem substancia como atores históricos, procuraram desmoralizar alguem que, para muitos compatriotas é tratado como herói. O motivo deles estava claro, para quem assistiu a sessão daquele dia. Os dois moleques queriam se valorizar às custas da humilhação de uma pessoa que era querida por muitos.
Mas o povo está percebendo tudo isso e não está gostando nem um pouco. Os moleques da direita e alguns que se dizem de esquerda é que ainda insistem nas declarações e atitudes histéricas.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home