:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: Propaganda enganosa

sexta-feira, março 10, 2006

Propaganda enganosa

por Bira

















http://fotolog.terra.com.br/biradantas

18 Comments:

At 13/3/06 05:13, Anonymous Anônimo said...

Entre no endereço: http://oposicaonoparedao.blogspot.com e escreva a sua denúncia contra qualquer integrante de qualquer partido político de oposição ao Lula. NÃO PRECISA SE IDENTIFICAR. Informe a denúncia, local (estado, cidade, etc.), data, nome do político ou partido. TODAS AS DENÚNCIAS SERÃO ENCAMINHADAS AOS MINISTÉRIOS PÚBLICOS ESTADUAIS E FEDERAIS, POLÍCIA FEDERAL, TRIBUNAL DE CONTAS, CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO E TRIBUNAIS ELEITORAIS. VÁRIAS DENÚNCIAS JÁ FORAM POSTADAS LÁ.

 
At 14/3/06 08:29, Anonymous Anônimo said...

Que beleza...voltamos ao tempo da censura! E o mais legal: não precisa se identificar! Curioso, não era exatamente o que a charge criticava?

 
At 14/3/06 12:59, Blogger João Carlos said...

E voce bonitao?
tambem nao se identificou né?
típico...

 
At 14/3/06 14:52, Anonymous Anônimo said...

A última vez que comentei nesses bloguezinhos de propaganda política puxa-saco, encheram meu e-mail de spams e mensagens indesejadas. Mas vc não devia reclamar comigo! Se eu não tivesse vindo aqui, sua caixa de comentários ia estar às moscas! Deve ser estimulante se dar ao trabalho de tabular tanto script de propaganda eleitoral e ver q o impacto q vc teve foi bem próximo de zero...

 
At 14/3/06 15:10, Blogger João Carlos said...

Caro Anônimo,

Será que está tão às moscas assim?

Se até o Jornal da Record, o SBT Brasil da Ana Paula Padrão, a Folha de São Paulo, o Correio Braziliense apresentaram matérias a respeito desse blog, será que o impacto foi próximo de zero??? Acho que não né?

Estimulante mesmo deve ser ficar entrando em blogs de rivais políticos e postar comentários sem argumentação alguma, apenas com o intuito de provocar. E o pior: não consegue provocar.

Que tal tentar debater democraticamente os tópicos do blog que você discorda? Já que a tentativa de provocar não deu certo, pode ser uma alternativa.

Mas acho que esse não é o seu perfil, não é mesmo meu caro Ninguém?

 
At 14/3/06 15:11, Blogger João Carlos said...

Caro Anônimo,

Será que está tão às moscas assim?

Se até o Jornal da Record, o SBT Brasil da Ana Paula Padrão, a Folha de São Paulo, o Correio Braziliense apresentaram matérias a respeito desse blog, será que o impacto foi próximo de zero??? Acho que não né?

Estimulante mesmo deve ser ficar entrando em blogs de rivais políticos e postar comentários sem argumentação alguma, apenas com o intuito de provocar. E o pior: não consegue provocar.

Que tal tentar debater democraticamente os tópicos do blog que você discorda? Já que a tentativa de provocar não deu certo, pode ser uma alternativa.

Mas acho que esse não é o seu perfil, não é mesmo meu caro Ninguém?

 
At 14/3/06 17:35, Anonymous Anônimo said...

Primeiro, você está assumindo que eu sou um adversário político. Esse é um dos motivos pelo qual eu evito ao máximo me envolver na política sórdida que se pratica nesse país: se você não está a meu favor, está contra! Não lhe ocorre que eu posso discordar pacificamente. Se eu não concordar, mereço ser completamente desacreditado! Pois bem, se você reler o 1º comentário feito nesse tópico sem o ardor apaixonado de um puxa-saco declarado, verá que ele remete a uma supressão da capacidade de se contra-argumentar. "...escreva a sua denúncia contra qualquer integrante de qualquer partido político de oposição ao Lula." Ou seja, não se pode mais dizer que o rei está nu! E ainda acrescenta que não é preciso se identificar. Bom, foi exatamente o que a charge publicada criticou, a acusação irresponsável e não assumida. Mas você não admite nenhuma crítica a qualquer um que entre em seu blog e seja da situação, por maior que seja a besteira falada. Não sou eu que não tenho argumentação, você é que usa mecanismos baratos de retórica para contra-argumentar. Leia Górgias, de Platão, e talvez consiga entender a sutil difenrença entre a oratória e panfletagem que é hoje praticada e a real política.
Segundo: não pensei em cutucá-lo, minha intenção era ressaltar a óbvia contradição entre o post e o comentário. Você é que se arvorou de defensor dos frascos e comprimidos. E é fato que tirando um ou dois, seus posts eram um deserto de Gobi de comments antes de eu chegar. Desculpa aí, Bozó, mas aparecer na mídia qualificada por você mesmo como 'falsos moralistas, mentirosos, manipuladores, hipócritas' não é lá muita vantagem. E se você não tem senso de humor, problema seu, você é que vai ter um infarto.
Terceiro: não vou entrar em batalhas dialéticas de cartas marcadas com 'políticos' ou velhinhas de Taubaté em geral. É a mesma coisa que discutir a evolução humana com evangélico. Mesmo porque você tem o poder da moderação, quando não souber o que responder, simplesmente veta meu comentário.
Quarto: Não me venha falar em falta de argumentos quando tudo o que você faz é despejar dezenas de bits da sua versão das coisas, ofendendo e denegrindo as versões diferentes. Não é importante discutir a moralidade do ato em si, só se ele vai ser aceito ou não. Dane-se que o PT fez Caixa 2, todos os outros partidos fazem! Mesmo que o que tenha cativado os eleitores fosse a aura do PT de que lá isso não acontecia. Errada é a imprensa hipócrita que denuncia isso!
São essas as pérolas que os 'luminares' da nação nos legaram. Se isso é chamado de política, o que os atenienses faziam no seu Ágora deve ter outra alcunha.
E não sou Ninguém, caro João Carlos. Esse é outro artifício barato da retórica para diminuir o adversário. Como se minhas idéias tivessem mais ou menos valor dependendo de quem eu seja. Como se políticas econômicas idênticas pudessem ser avaliadas diferentemente por provirem de diferentes governos. Mas para efeito dessa tertúlia, chame-me de Ninguém. Discuta sem poder me acusar. Se puder.

 
At 15/3/06 10:45, Blogger João Carlos said...

Caro anônimo,

te chamo de Ninguém, porque você se recusa a se identificar. Poderia colocar pelo menos um nome falso, já que você teme a identificação, assim como o PFL em sua propaganda política.Mas já que você se ofendeu tanto irei lhe chamar por um pseudônimo: Zé.

Zé, não sei porque tamanha indignação quando te chamei de adversário político. A política é o palco do enfrentamento das idéias. As idéias, evidentemente, são contrapostas. Os defensores de idéias diferentes se tornam naturalmente adversários políticos. Se esse é um dos motivos que o faz evitar a política, eu só tenho a lamentar essa sua falta de espírito democrático, pois essa adversidade é justamente a essência da democracia.

Você pede para eu ler Platão, partindo da premissa de que nunca fiz a leitura. O que representaoutro grande equívoco da sua parte. Construiu uma argumentação a partir de uma premissa falsa, o que torna todo seu texto duvidoso. Acredito até que li Platão muito mais do que você, mas como não tenho certeza a respeito disso, usei o verbo "acreditar", já que tenho o cuidado de não cometer o mesmo erro pueril.

Eu entendi o seu primeiro comentário a respeito da charge. Você quis apontar uma contradição entre a crítica da charge e o outro comentário. Mais um erro infantil. Você tentou comparar o incomparável. O que é uma propaganda política? Teoricamente um espaço para se apresentar um programa de governo para eleitores. O PFL utilizou o tempo para atacar o governo Lula. Ok. Vamos supor que esse uso do espaço unicamente para ataques duvidosos seja legítimo. Propaganda política é feita por partidos. Criar um programa exclusivamente acusatório e sem a exibição da legenda, além de representar uma ilegalidade, demonstra uma covardia política incomensurável. Tanto é, que o PFL foi obrigado a colocar a sigla na tela, mesmo que minúsculo. Você comparou tal fato com um site que aceita denúncias cujos os autores não precisam ser identificados. É uma comparação absurdamente ridícula. Quer dizer então que o Disk Denúncia da Polícia não deveria aceitar denúncias não identificadas??? Denúncia é apenas uma hipótese a ser investigada, portanto não há a necessidade de identificação. Faz-se a denúncia e os órgãos competentes confirmam ou não sua autenticidade, sendo desnecessária a identidade do autor da denúncia. Você conseguiu fazer uma ponte entre dois assuntos completamente distintos, colocando-os em um nível de igualdade que oculta as peculiaridades de cada situação. E você ainda chama isso de "óbvia contradição", caro Zé????.

Você denominou esse blog de "puxa-saco". Apesar do termo pejorativo, concordo que esse espaço é parcial, porém não se utiliza de inverdades para ludibriar os leitores como faz o PFL. Isso está bem claro na tarja vermelha inicial desta página. Novamente, não consigo entender a indignação. Ou não é legítmido defender um governo, um presidente ou um partido?

Eu não acho que não devemos discutir a moralidade do Caixa 2. Devemos sim. Mas não se pode atribuir a exclusividade do ato ao PT, como a mídia está fazendo. Este blog tem o objetivo de fazer um contrabalanço, pois a mídia é claramente tucana. Não compactuamos com o Caixa 2, como também não compactuamos com o modo diferenciado que a mídia trata o assunto quando o PT está envonlvido.

Quem disse que eu acho uma vantagem sair na mídia? Mais uma vez você parte de um pressuposto equivocado. Você, deselegantemente, disse que eu perco o meu tempo em um blog que não tem repercussão. Eu apenas provei a existência da repercussão. Saiu na mídia e trouxe mais leitores ao blog. Onde está a contradição quando digo que o blog teve repercussão de mídia e ao mesmo tempo digo que a mídia é hipócrita e manipuladora? As reportagens na sua maioria tinham um tom pejorativo e ainda foi duramente criticada por este que vos escreve. Mais um equívoco pueril. Não há contradição alguma, meu caro Zé.

E ainda vem me pedir pra ler Platão?
Francamente.

Joao

 
At 15/3/06 13:35, Anonymous Anônimo said...

Caro João, se é que esse é seu verdadeiro nome.

Votei no Lula e 2002. Desiludi-me e me senti traído com o seu mandato.
Não fui eu que denominei esse blog de puxa-saco. Foi você. Num comentário do blog pedalaoposicao.blogspot.com, esse sim parcial sem ser ridículo.
Eu não critiquei o sistema de denúncias anônimas e sim a mensagem (também anônima, por sinal - note que você fica histérico por eu não me identificar, mas do mané que postou primeiro você não falou nada) que insuflava os leitores a denunciar 'qualquer integrante de qualquer partido político de oposição ao Lula'. E ressaltava, com caps lock, que não é preciso se identificar. Isso pra mim é transformar uma ferramenta para coibir calúnias em uma arma da sua 'guerra política'. Não se falou uma palavra sobre quais membros da oposição devem ser denunciados. Os que mentirem? Os que levantarem falsas acusações? Não, todo e qualquer opositor deve ser denunciado.

Se você leu Platão, é melhor reler, pois você não entendeu nada. Ou vai ver acha que ele falava besteira. Porque você continua com a verborragia desenfreada, tentando aplacar argumentos com torrentes de idéis que não aguentariam 10 minutos de discussão.

Sua posição é parecida com a de torcedores de futebol, fanáticos que imaginam que todos que não torcerem para o time deles, torcem contra. Imprensa tucana? Isso é muleta, artifício pra tirar o foco. E se você não suporta críticas, abra um site, não um blog.

Falta de espírito democrático, pra mim, tem quem fala mal dos outros ao invés de falar bem de si. Quem tenta destruir ou reduzir o que tem ao redor pra se valorizar. Quem ataca argumentos com adjetivos e não com contra-argumentos. Sócrates (o filósofo, não o jogador) dizia que não adianta convencer uma multidão se o seu interlocutor não for convencido. E eu concordo com ele, embora você pareça discordar.

Pra finalizar esse assunto: se o objetivo do seu blog-fantasma é ajudar na reeleição de Lula, você tá fazendo um péssimo trabalho. Eu estava indeciso até 3 dias atrás.

PS - Não me chame de Zé, não quero nenhuma associação com o Dirceu. Chame-me Ninguém, mesmo, a alcunha de Odisseu na ilha dos Ciclopes. E pare de tentar inferir algo sore a minha pessoa ou minhas idéias. Defenda as suas sem tentar desacreditar as outras. ISSO é política.

 
At 15/3/06 14:21, Blogger João Carlos said...

Caro Gasparzinho,

vou comentar suas afirmações.

"Votei no Lula em 2002. Desiludi-me e me senti traído com o seu mandato."
Ué? Mas no final do seu texto você diz que "estava indeciso até 3 dias atrás". Você está desiludido, mas até 3 dias atrás ainda tinha dúvida se votaria no responsável pela sua desilusão???? Realmente, coerência não é o seu forte.

"Imprensa tucana? Isso é muleta, artifício pra tirar o foco"
Se você acredita em uma imprensa independente e em Chapéuzinho Vermelho, tudo bem. Eu não acredito. Para mim, a tucanagem da imprensa é mais do que fato. Se você acha que é "muleta, artificio para tirar o foco", tudo bem, ache o que quiser. Tem gente que acredita até no Fantasminha Camarada, porque você não acreditaria na lisura da imprensa?

"E se você não suporta críticas, abra um site, não um blog."
Tanto aceito que publico todas. Até as incoerências do Gasparzinho.

"Falta de espírito democrático, pra mim, tem quem fala mal dos outros ao invés de falar bem de si."
Sempre estamos falando bem do governo Lula. Se apontar os problemas e incoerências dos oposicionistas é falta de espírito democrático, eu realmente não sei o que é democracia. Bom, mas acho que na terra do Gasparzinho a democracia é africana. Quanta incoerência!

"Sócrates dizia que não adianta convencer uma multidão se o seu interlocutor não for convencido."
Ok. Agora só falta você me convencer.

"E pare de tentar inferir algo sore a minha pessoa ou minhas idéias. Defenda as suas sem tentar desacreditar as outras."
Como se você estivesse fazendo isso, né Gaspar? Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço.

"blog-fantasma"
Nessa tenho que concordar. Depois que o Gasparzinho chegou, esse blog se tornou realmente um "blog-fantasma".

Gasparzinho, meu nome é João Carlos sim. Não tenho motivos pra me esconder. Você fala em argumentos, porém não apresentou sequer um bom argumento para contrapor os posts do blog. Você fala em verborragia e escreve um verborrágico texto que se escamoteia de "bem escrito", mas na verdade é extremamente incosistente. Você cita "Odisseu na Ilha dos Ciclopes" sem necessidade alguma, apenas na tentativa de exibir um pretenso conhecimento cultural. Se você acha que neste espaço irá encontrar alguém para massagear seu ego está redondamente enganado, meu caro.

Como já disse anteriormente, coerência não é o seu forte.

 
At 15/3/06 15:18, Anonymous Ninguém said...

Olha aí, foi só eu me distrair e comecei a discutir com a velhinha de Taubaté!

Fique com sua visão de torcedor organizado. Continue tentando denegrir o que os outros falarem independente de ser verdade ou não. Desqualifique o interlocutor e a verdade que ele tiver dito virará mentira. O céu vai ser verde e a grama azul. Afinal, quem falou o contrário é 'pueril', 'Gasparzinho' ou 'incoerente'.

E pro seu governo, é possível estar desiludido e indeciso ao mesmo tempo. Mas numa coisa eu me enganei: não é a sua defesa-ataque passional que vai me fazer votar nesse ou naquele candidato. Você é só mais um dos míopes no curral dos políticos, enunciando dados como se fossem provas cabais.

Ops! Olha eu perdendo meu tempo de novo! Isso vicia!

 
At 15/3/06 15:39, Blogger João Carlos said...

Nossa Fantasminha Camarada, quanta amargura.

Continue a visitar o blog com essa freqüência assídua, mas tente nos poupar dos seus comentários tolinhos, ok?

 
At 15/3/06 15:42, Blogger João Carlos said...

Voce se sentiu traido e desiludido pelo governo Lula e mesmo assim estava indeciso se ia votar nele?

Nossa, mas você tá mais parecendo mulher de malandro.

 
At 16/3/06 16:52, Anonymous JOSÉ ROBERTO TORERO said...

Procura-se um técnico
JOSÉ ROBERTO TORERO
COLUNISTA DA FOLHA

Desempregada leitora, vagabundo leitor, você quer um trabalho com salário de R$ 300 mil, numa corporação com muito dinheiro para gastar e tendo à sua disposição subordinados de reconhecido talento?
Então você deve se apresentar à rua São Jorge, 777, no horário comercial, munido de CIC e RG, e falar com o senhor Kia Joorabchian.
Sim, meu caro, um dos cargos mais importantes do futebol brasileiro está vago. Por enquanto ninguém pegou o lugar de Antônio Lopes (pelo menos até o momento em que escrevo estas mal atachadas linhas).
Geralmente, quando um time está fritando um técnico, já conversa com outros. Mas isso não aconteceu com o Corinthians, que agora enfrenta um vácuo de poder enquanto encerra o Paulista e disputa a Libertadores. Lamentável, tsc, tsc...
Mas não é hora de lamentações, e sim de ação! E eu, meu caro, como estou sempre disposto a contribuir para o bem do futebol nacional, venho aqui dar meu palpite sobre quais as características ideais para o novo treinador:
A primeira é que ele seja corintiano. É necessário amar o clube. Chega de mercenários e de técnicos que nem sabem como é o escudo do time. Passarella, por exemplo, sucumbiu porque não entendia a alma alvinegra. Pois que o próximo seja alguém que já tenha declarado seu amor ao Sport Club Corinthians Paulista.
Outra qualidade necessária é a diplomacia. Como é um clube com clara divisão entre MSI e velha-guarda, é necessário alguém acostumado a conviver com grupos discordantes, que brigam por qualquer coisinha. Terá que fazer com que as duas partes dêem as mãos ou, pelo menos, não se atraquem. Uma mistura de terapeuta de casais com juiz de boxe.
É importante que seja alguém que fale a linguagem dos jogadores. Nada de técnicos metidos a professores universitários, dizendo frases em inglês. Tem que ser alguém que se expresse de um modo simples. E, se comer os esses, melhor ainda.
Como a MSI é uma coisa um tanto nebulosa, seria de bom tom um treinador pouco curioso, que não pergunte de onde vem o dinheiro que lhe traz tantos atletas.
O novo técnico também deve saber falar com a imprensa. Ninguém no país dá tantas entrevistas quanto o técnico do Corinthians, e colocar nesse posto alguém que não saiba se expressar seria um erro lamentável.
E, por fim, é preciso que seja um sujeito que entenda de futebol, que fale sempre do assunto, que demonstre conhecimento e preocupação com a coisa.
Pois bem, meus caros leitores, pensei, pensei e cheguei à conclusão de que só uma pessoa tem todas essas qualidades. Isso mesmo, ele: Luiz Inácio Lula da Silva!
Talvez tenha sido isso que o presidente corintiano tanto queria falar com o presidente brasileiro na Inglaterra. Só porque os guardas da rainha não deixaram Dualib entrar é que o Corinthians ainda não anunciou seu técnico.
Lula lá!

 
At 17/3/06 01:57, Anonymous Bruna said...

Ai João,

Quem é esse Zé?
Esse ta por fora,hein?
Acho que alguém tão inteligente como ele deveria assistir ao filme " A revolução não será revolucionada". Será que ele mesmo assim vai ter a pachorra de falar merda!
Olha Zé.....faça um favor para nós....se for para atacar com comentários do tipo: "bloguezinhos de propaganda política puxa-saco", é melhor vc ir passear.
Sabe Zé....até que vc escreve bem, pena(para vc é claro) que o João te deixou no chinelo!!!Para mim quem não sabe argumentar é vc!!!!
Se vc acha esse espaço uma merda....não visite mais!
Sabe o que fica parecendo?! Que vc só tem um objetivo ao escrever essas coisas, o de aparecer!!!! Quando o João lhe propos debater política democraticamente vc pulou fora. Falou, falou e não respondeu a altura! Acho que vc deveria pensar bem antes de ficar falando por ai!!Está claro para mim que vc não está nem um pouco interessado em debater.....só entrou para tirar com a cara dos outros. Mas não conseguiu...FICOU FEIO PARA VC!!!
João, continue com o seu blog,pois ele está ótimo e não ridículo como disse nosso caro amigo Zé! Ele ainda tem a cara de pau de falar que vc não sabe contra - argumentar sem utilizar adjetivos...
Muito engraçado!!!

Parabéns pelo blog...este é um espaço informativo muito importante. Existiram pessoas que discordaram de vc, eu já vi...tudo bem! Quando a pessoa tem equilíbrio para um debate, fica até interessante. Não somos os donos da verdade. Mas quando ele quer aparecer simplesmente tem que sair tirada!!!
beijos para vc João!!!

 
At 17/3/06 02:01, Anonymous bruna said...

Oi João,
Sou eu de novo! Desculpa por utilizar este espaço para falar com o Zé, mas é que eu errrei ao escrever o nome do filme....O correto é: "A revolução não será televisionada"!!!
Vale a pena vc tb. ver....É muito bom!!!
bjs

 
At 17/3/06 09:21, Anonymous Gaspar-Asterix-Dom Quixote-Zé-Eduardo said...

Caro João,
peço que me desculpe. Continuo discordando da ideologia das pessoas 'politicamente engajadas', mas não tenho o direito de julgá-los como fiz.

Bruna,
a competição dialética foi exatamente o que eu critiquei. Peço que você também leia Górgias (não estou sendo irônico ou condescendente - realmente é uma ótima leitura, muito elucidativa) e veja como 'deixar o outro no chinelo' tem pouco ou nenhum valor. E isso é uma das coisas que eu critico na política: ao invés de chagar ao fundo da questão, de descobrir o que é melhor, mais justo, etc, políticos empenham-se em desacreditar seus adversários. Mas chega disso.

João, peço apenas que você passe adiante a idéia (que eu já postei no oposicaonoparedao) de se aumentar a amplitude das denúncias recebidas. Melhor: peço apenas que você reflita sobre o assunto e, se achar oportuno, passe a idéia adiante. De qualquer forma, esse é meu epílogo, meu ponto final.

Novamente, desculpe o incômodo.

 
At 17/3/06 10:04, Blogger João Carlos said...

Já está desculpado, amigo.

Compreendo o que quer dizer, apesar de discordar.

Eu criei esse blog porque me cansei das manipulações sujas da grande mídia na cobertura da crise. Sei que você encara isso como uma "teoria da conspiração", o que é comum a alguns companheiros da esquerda. Mas não é.

Continue a contribuir com seus comentários para o nosso blog.

abraço
João

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home