:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: Quatro milhões de empregos com carteira assinada

segunda-feira, junho 26, 2006

Quatro milhões de empregos com carteira assinada

por José Pimentel

São muitos os indicadores que comprovam o avanço do atual governo no cumprimento da meta de desenvolvimento sustentável com inclusão social, estabelecida ainda durante a campanha eleitoral de 2002.


Aumento das exportações, ampliação das relações comerciais do Brasil com os países africanos e árabes, fortalecimento do Mercosul, expansão do crédito para a Agricultura Familiar, redução de impostos de produtos da cesta básica de alimentos e redução dos índices de pobreza são alguns exemplos da evolução que estamos construindo. Mas escreverei sobre a questão do emprego cujos resultados são os melhores dos últimos 10 anos.

O governo Lula gerou mais de 4 milhões de empregos com carteira assinada de janeiro de 2003 até maio de 2006. Para que o leitor compreenda o que isso significa, basta lembrar que nos oito anos do governo FHC foram gerados apenas 796 mil novos empregos no país. É claro que ainda há muito o que fazer, mas a oposição dificilmente conseguirá encobrir essa realidade diagnosticada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Essa é uma verdade incontestável e muito importante no processo de inclusão social que demos início em 2003.

A última pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada no dia 22/6, demonstra que a taxa de desemprego continua caindo em todo o país. No mês de maio, estavam desempregados 10,2% da população economicamente ativa. Ainda é um número elevado, mas bem inferior aos 11,7% registrados no final do governo anterior.
Nos primeiros cinco meses do ano, 768.343 trabalhadores conseguiram ocupar novas vagas de emprego com carteira assinada.

Outra boa notícia é que houve aumento da renda média real dos trabalhadores. Descontada a inflação, o rendimento médio do trabalhador cresceu de R$ 1.012,50 em abril para R$ 1.027,80 em maio. A alta é de 7,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Agora são 11 meses consecutivos de crescimento da renda do trabalhador.
O Brasil vai continuar investindo e acreditando. Estamos construindo um novo país para as atuais e futuras gerações.

José Pimentel é deputado federal (PT-CE) e vice-líder do Governo Federal no Congresso Nacional

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home