:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: Advogado ridiculariza presidente da OAB

quarta-feira, junho 07, 2006

Advogado ridiculariza presidente da OAB

por Guilherme Fiuzza
No Mínimo - Portal IG

A notícia-crime apresentada pela OAB contra o presidente é um dos momentos mais melancólicos da história recente do direito no Brasil. Não dará em nada, porque não é nada.

“Mais correto seria chamá-la de notícia-clipping”, diz o criminalista Renato Neves Tonini, com larga experiência em processos envolvendo a administração pública. Ao ler o texto enviado ao Ministério Público pelo presidente da Ordem, Roberto Busato, Tonini chegou a acreditar que se tratava de um resumo apressado feito por alguma assessoria de imprensa. Ao certificar-se de que estava mesmo diante da notícia-crime, só encontrou uma palavra para qualificá-la: absurdo.

“É a primeira notícia-crime que vejo que não noticia nenhum crime. É uma peça totalmente vazia”, observa o advogado. “Se a OAB considera a denúncia oferecida pelo procurador-geral ao STF ‘alentada e fundamentada’, e esta denúncia não inclui Lula, a notícia-crime teria que trazer um fato novo, algum elemento de prova. E não apenas um pedido vago de aprofundamento das investigações”, explica Renato Tonini.


Em todo o (curto) texto, e particularmente no item “c”, a OAB mostra o que é um dever de casa mal feito, ao delimitar o objeto de investigação: “a indesculpável e inexplicável omissão (no mínimo) do Presidente da República, nos episódios do ‘mensalão’ e das compras de votos, na formação de ‘caixa dois’ (…) e na prevenção/fiscalização/repressão a atos de improbidade administrativa cometidos pelos mais chegados auxiliares do Chefe do Executivo.”

Para Tonini, indesculpável e inexplicável é essa referência vaga e adjetivada a um punhado de escândalos, na forma superficial como ficaram conhecidos pelo público.

A suposta notícia-crime está mais para panfleto estudantil. O advogado não tem dúvidas de que será arquivada pelo Ministério Público. E acha que, se tivesse sido encomendada por Lula, não teria saído mais ao gosto do freguês.


Poderia ter ido dormir sem essa, hein Sr Busato?!?
Que papelão.
João

1 Comments:

At 7/6/06 21:36, Anonymous Anônimo said...

ESSE ROBERTO BUSSUNDA, PRESIDENTE DA OAB, NÃO SE EMENDA!

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home