:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: Tarso minimiza diz que momento é de refluxo da crise

quarta-feira, maio 10, 2006

Tarso minimiza diz que momento é de refluxo da crise

Folha Online

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, fez questão dizer hoje, que o governo está entrando em um período de "estabilização política". A declaração foi dada no mesmo dia em que o ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira depõe para a CPI dos Bingos.

Segundo Tarso, as declarações de Silvinho dizem respeito ao Parlamento e à bancada do PT. Na avaliação do ministro, ficou claro nas declarações de Silvinho que o governo resistiu à tentativa de envolvimento com o "valerioduto", não permitiu que os negócios irregulares fossem fechados e que presidente nada tinha a ver com o assunto. "Portanto, o Silvio Pereira não é um problema do governo."

Tarso disse que o presidente Lula não está "nada preocupado" com o depoimento de Silvinho. "Nós estamos nos encaminhando para uma situação de normalização da situação política do país", afirmou o ministro ao comentar que haveria no momento "um nítido refluxo na crise política".

Como sinais desse "refluxo", ele apontou o estabelecimento de um diálogo com a oposição, a decisão da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de rejeitar o pedido de impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a aprovação do Orçamento, que será sancionado até segunda-feira.

Diante da insistência da imprensa em saber como as declarações do ex-petista estariam repercutindo no governo, Tarso disse que a imprensa estaria com "ansiedade" para criar fatos negativos para o governo. "Vocês parecem às vezes que estão um pouco chateados por não conseguirem envolver o presidente."
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u78443.shtml

Após o depoimento de Sílvio Pereira, mais uma "bomba" se transformou em biribinha. Regurgitaram um assunto morto. Isso é o reflexo do desespero oposicionista devido às últimas pesquisas eleitorais.

Antes, as "bombas" fabricadas e lançadas estrategicamente aos domingos, duravam de 2 a 3 semanas. Atualmente, as "bombas" dominicais vão até no máximo quarta-feira. Imprensa e oposição não se cansam desse papel ridículo.

Ainda bem que o povo já não é presa tão fácil para esses tubarões.

João

1 Comments:

At 12/5/06 22:13, Anonymous Cruz e Souza said...

Durmo com o sonho e a esperança de que a "denúncia-bomba" articulada pelo Senador Virgílio estoure no colo do PFL de ACMs, Bornhausens, Heráclitos; e os estilhaços atinjam em cheio o PSDB de FHC,Virgílios, Serras, Alckmins...- vampiros que sugam o povo brasileiro.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home