:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: Le Monde diz que Brasil de hoje é menos desigual

quarta-feira, setembro 27, 2006

Le Monde diz que Brasil de hoje é menos desigual

Os resultados conseguidos pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu primeiro mandato são motivo de reportagens extensas em dois grandes diários franceses nesta terça-feira. No Le Monde, Lula é apresentado como tendo o grande mérito de fazer um "Brasil menos desigual", e por isso, é favorito para a corrida eleitoral brasileira.
O presidente conciliou a manutenção de uma política econômica ortodoxa com a aplicação de dispendiosos programas de luta contra a pobreza, cujo balanço hoje é visível, no entender da maioria da população", afirma o jornal.


Contudo, o Le Monde alerta para o fato de que as necessidades da população demandam aumento dos investimentos, podendo colocar em risco o volume de recursos disponíveis para infra-estrutura e educação, que são consideradas fundamentais para o contínuo avanço do País.

No Le Figaro, outro importante jornal da capital francesa, o Brasil é chamado de: "O Brasil de Lula, menos pobre e mais estável". O artigo fala da capacidade de compra que as camadas mais pobres da população adquiriram e de como tal consumo também aqueceu a economia.
"A Fundação Getúlio Vargas considera que cerca de sete milhões de pessoas passaram da pobreza à classe média. O salário mínimo passou de 70 para 124 euros e o poder de compra aumentou", analisa o jornal, que atribui os avanços sociais mencionados ao crescimento das exportações, maior consumo interno e criação de quase cinco milhões de empregos formais.
http://rededalegalidade.blog.uol.com.br/

3 Comments:

At 27/9/06 13:41, Anonymous Anônimo said...

Alguns jornalistas brasileiros podiam até ir lá, ficar uns tempos, e se possível aprender a fazer jornalismo com insenção e responsabilidade.

 
At 28/9/06 05:55, Blogger Raphael Valyi said...

Bonjour!

Entao e, acontece que aqui nosso jornalismo e mais equilibrado. Acho que embora o Brasil ser as vezes considerado apenas do futebol e do samba, se fala equilibradamente do Brasil nos jornais francês.

Olha só: o "Figaro" e O jornal "sério" da direita francesa; quer dizer ele teria a posição da que a "Folha de São Paulo" pretende ter (apesar de ela não admitir sua posição liberal). Só que ate a Folha de São Paulo é lixo! E jornal progressista com tiragem decente não tem no Brasil!

Isso que sempre falei, no Brasil nem ainda tem nehnum cara de direita digno caras não são de direita, eles são do golpe em branco, o da mais total ingnorança, apenas isso. E preciso deixar isso bem claro. Tomarão que isso muda algum dia no Brasil.

Agora ao respeito do Le Monde, tenho que avisar que ele era muito mais pertinente uns 5 anos atrás, mas ainda pode se considerar o melhor jornal por ai mesmo assim.

Nesse governo novo governo Lula, tem que aproveitar para fazer de tudo para derrubar essa imprensa burguês e botar uma imprensa equilibrada no Brasil.


Raphael Valyi, da França.
VIVA LULA!

 
At 30/9/06 19:12, Blogger Raphael Valyi said...

So que agora olha esse ai:
http://www.lemonde.fr/web/article/0,1-0@2-3222,36-818498@51-815156,0.html

Meu, que jornalista burra! como que pode ser jornalisto profisional, correspodant por o Le Monde e chamar o PSDB de 'parti de centre gauche'. Meu, isso deve ser o resultado da propaganda da Folha, esses jornalistas tem que julgar eles mesmo em fez de repetir que a Folha fica mentindo

PSDB partido do centro esquerda... Talvez na ditactura, mas agora que mentira!

Chocado escrevi para jornalista. A minha mulher era pobre e agora ta fazendo mestrado na Sorbonne, tomarao que depois ela da passa informacao melhor para os jornais gringos.

Fiquei revoltado.

Abraço, e vamos rir depois que o PSDB se ferrar domingo.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home