:: Blog da Reeleição .:. LULA 2006 ::: O inimigo é o crime pela opção neo-liberal

segunda-feira, maio 22, 2006

O inimigo é o crime pela opção neo-liberal

Este é um dos trechos do artigo do Serra na “Folha de S.Paulo”, na coluna “Tendências”, desta data:

“Não existe, por exemplo, uma contradição ou uma oposição entre escolas e presídios. Estabelecê-la é criar uma falsa relação de causa e efeito entre a pobreza e o crime. Os pobres, à diferença do que pensam os seus falsos tutores, são dotados de uma severa moralidade. E a esmagadora maioria escolhe o caminho da luta incansável para sobreviver, não o da delinqüência.”


O Presidente Lula não está afirmando uma falsa relação de causa e efeito entre a pobreza e o crime e nem tampouco sugerindo que os pobres acabam na delinqüência devido à falta de educação acadêmica.

A manifestação do primeiro tucano de plumas esvoaçantes a esqueirar-se à luz do sol, é falsa, oportunista e demagógica. O fato concreto é a quantidade enorme de presos que não possuem quase nenhuma educação escolar.

O que o Presidente está afirmando é que o sistema econômico imposto à Nação ao excluir os mais pobres - e não foi ele quem contribuiu para isso – acabou por oferecer apenas uma opção de sobrevivência que é a marginalidade. Ora, sabemos que os que viviam na miséria não possuiam nenhuma condição de manter filhos em escolas mesmo quando havia vagas no ensino público para eles. O fome zero é uma das políticas públicas que pretende acabar com essa condição miserável. A pobreza extrema limita o ser humano a viver o dia-a-dia apenas em função da alimentação para sobreviver, não lhe permitindo então o acesso aos seus direitos como cidadão como uma educação acadêmica, por exemplo.

Precisamos ficar atentos ao discurso político que vai tentar eximir a economia neo-liberal de suas responsabilidades nas pequenas e grandes tragédias no quotidiano dos cidadãos e das cidades.

3 Comments:

At 22/5/06 09:26, Blogger João Carlos said...

Essa frase do Sr José Ferra, demonstra a nefasta moral burguesa e religiosa da elite política e econômica brasileira. A idéia de que "a maioria dos pobres não são bandidos, os que são não prestam" faz parte do senso comum idiota da sociedade brasileira estabelecido por sujeitos pouco esclarecidos, mas falastrões como o ex-prefeito mentiroso.

É uma análise rasa, com um claro viés moralista e classista que revela a mais profunda ignorância da classe dominante. Traduzindo para o português claro, tal setença quer dizer nada menos que - "pobre bom é aquele adestrado, aquele que trabalha para o rico, aquele que não se rebela contra as injustiças sociais, aquele que trabalha e não reclama, aquele que mesmo pobre tem dignidade para pegar 2 onibus, 1 metro, se fuder no seu subemprego e mesmo assim abrir um maravilhoso sorriso para o seu patrão algoz". É exatamente isso que o Serra quer dizer, a maioria dos pobres não são maus, trabalham pra gente sem reclamar, é só uma minoria "do mal" que se rebela contra as injustiças, e essa minoria tem mais é que tomar chumbo. Escola pra que? Tanta gente sem escola e a maioria não se rebela....

Em tempos pré-abolicionistas, poderíamos analisar casos semelhantes sob o mesmo viés moralista - os escravos que fugiam para os quilombos não eram bons escravos, eram rebeldes, fugiam. Bons escravos são fiéis aos seus senhores e não alimentam ódio pela situação de injustiça, apenas aceitam pacificamente.

O que acontece hoje se chama escravidão pós-moderna.

Enquanto não adotarmos um viés despido de moral, preconceitos e maniqueísmos para analisar esses acontecimentos na nossa sociedade, nada irá mudar. Vamos resolver o problema ou vamos apenas alimentar a sede de vingança da sociedade? Até quando vamos encarar os fatos como se fossem a luta do bem contra o mal? Será que ainda não entenderam que isso não existe?

Não imaginava que o Sr José Ferra fosse tão suscetível ao senso comum imbecil que assola o país. Só sabia que ele era um grande mentiroso.

João

 
At 22/5/06 09:28, Blogger João Carlos said...

Complementando com uma frase do filme "Quanto vale ou é por quilo" do Sérgio Bianchi:

"MAIS VALE POBRES NA MÃO, DO QUE POBRES ROUBANDO"

 
At 23/5/06 18:30, Anonymous Cruz e Souza said...

O Sr.Serra, na ânsia de falar alguma coisa para "rebater" Lula, só falou "asneiras elitistas". Só mesmo sofrendo de idiotia política para acreditar nele....

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home